Original Article: Paul Otlet
Author: Michael Buckland
  Escola de Informação
  Previously School of Library & Information Studies

  Michael Buckland, Professor Emérito.

  Paul Otlet, Pioneer of Information Management. Paul Otlet (retrato) nasceu em Bruxelas, na Bélgica, em 1868. Seu livro monumental Traité de documentation. (Bruxelas, 1934) foi central e simbólica no desenvolvimento da ciência da informação - então chamada "Documentação" - na primeira metade do século XX. Além disso, isso nos lembra de algo que foi muito esquecido: que este campo teve uma vida viva nas primeiras décadas do século XX e uma sofisticação em relação à teoria e à tecnologia da informação que agora geralmente surpreende as pessoas.
    Paul Otlet foi a figura mais central no desenvolvimento da Documentação. Ele lutou incansavelmente por décadas com os aspectos centrais técnicos, teóricos e organizacionais de um problema central para a sociedade: como tornar o conhecimento gravado disponível para aqueles que precisam disso. Ele pensou profundamente e escreveu infinitamente enquanto projetou, desenvolveu e iniciou soluções ambiciosas em seu Instituto em Bruxelas.
    No final da vida profissional, ele resumiu suas idéias em dois grandes livros de síntese, o Traité de documentation em 1934 e Monde: Essai d'universalisme em 1935. Nos últimos anos, houve um interesse reNovoado no trabalho de Otlet. Em 1989, o Traité, tão longo fora de impressão, foi reimpresso. Em 1990, seu biógrafo, o Prof. W. Boyd Rayward, da Universidade de Novo Sul do País de Gales, publicou uma tradução inglesa anotada de uma seleção dos melhores escritos de Otlet: Otlet, Paul. Organização Internacional e Divulgação de Conhecimentos: Ensaios Selecionados. (FID 684). Amsterdam: Elsevier, 1990.
    Agora, as idéias e escritos de Otlet são novamente um ingrediente ativo na ciência da informação, tendo interesse histórico e também um interesse contemporâneo em relação, por exemplo, à natureza dos documentos e do hipertexto. É agora um século desde Otlet e LaFontaine começaram seu ambicioso programa que continua como a Federação Internacional de Informação e Documentação FID. (Adaptado do Prefácio à edição espanhola de Otlet Traité).   Otlet e LaFontaine também estiveram ativos na fundação da União de Associações Internacionais.
    Os arquivos e museus de Otlet estão agora disponíveis novamente na Rue des Passages 15, B-7000 Mons, em Mons, na Bélgica, como O Mundaneum, que começou a publicar pesquisas com base nesses arquivos, notadamente Cent ans de l'Office International de Bibliographie : 1895 - 1995 ; les premisses du Mundaneum. - Mons: Editions Mundaneum, 1995. ISBN 2-930071-05-2. (Revisão em alemão).
Lista dos escritos selecionados sobre Otlet, seu trabalho e seus sucessores.
- Alex Wright. Catalogando o mundo: Paul Otlet e o nascimento da era da informação. Oxford University Press, 2014.
- Problema especial em Otlet Associações transnacionais 2003, nos 1-2. pdf
- Francoise Levie: L'homme qui voulait classer le monde [O homem que queria classificar o mundo]. Biografia e documentário.
- A biografia de Rayward em 1975 já está disponível on-line em http://hdl.handle.net/1854/3989
- Documentário de B. Rayward (falando inglês) e F. Fueg (falando francês): Alle kennis van de wereld (Noorderlicht, 9). Disponível em http://archive.org/details/paulotlet.
- Um comentário irónico da França:   Quando América descobre Paul Otlet.